Quarta-feira, 24 de Março de 2004

A minha namorada - o fim

Hoje foi dos dias mais tristes da minha vida. Deixaste-me. Acabou-se o namoro, o casamento e as sandes de mortadela.


E tudo isto apenas porque te expliquei que achava que ainda era cedo para casar e que devíamos adiar até o Cometa Halley passar outra vez pela terra. Acho que ainda não estou preparado para assumir compromissos desta natureza. Começaste a chorar que nem uma doida e obrigaste-me a digerir os 600 convites impressos, o que me causou azia e mau estar.


Mas no fundo acho que foi melhor assim, já andava tão deprimido que não trocava de meias há já duas semanas, mas quando comecei a sentir simpatia pelo George Bush é que vi que estava nas últimas e que alguma coisa tinha de fazer.


Tenho a certeza que esta decisão custou-me mais a mim do que a ti (quer dizer, deve ter custado mais ao teu pai que já tinha gasto uma fortuna em arenques e bolitas de queijo para a boda).


Espero que me perdoes e que não me guardes rancores, pois tenho a certeza que daqui por muitos anos vais achar que esta foi a melhor decisão. E digo isto com a alma embargada pela dor e os olhos lavados em lágrimas. Sinto uma pressão no peito de tanta dor, ou então tenho angina de peito, pelo sim pelo não amanhã vou ao cardiologista.


Tenho pena que tenhas de devolver as prendas, principalmente aquele cisne de louça ao qual já estavas tão afeiçoada e que dizias que era o símbolo da nossa felicidade, nunca te cheguei a explicar que aquilo era o Pato Donald e que a prenda não era para ti mas para a tua sobrinha, mas agarraste-te a ele com uma ânsia que ninguém teve coragem do te tirar, apesar de deixares a pobre criança inconsolável.


Tenho a certeza que quando saíres do frigorifico vais ver as coisas de outra maneira, ou vais ver pelo menos mais coisas, e quem sabe me desculpes e voltes a namorar comigo, pois não deixei de amar-te.


Adeus

publicado por gifted_children às 23:04
link do post | favorito
De Anónimo a 25 de Março de 2004 às 00:23
Nao me digas que acabou o blog???rafapaim
</a>
(mailto:filosofiabarata@sapo.pt)


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres