Domingo, 15 de Agosto de 2004

A minha namorada - o almoço

Acho que levei longe demais esta minha ideia de passar mais tempo com a minha nova namorada. Ficou tão impressionada que eu quisesse passar mais tempo com ela que achou que estava na altura de conhecer os pais, por isso convidou-me para ir a casa deles na Herdade da Aroeira e almoçar no restaurante.


Eu por mim, tudo bem, sempre é uma refeição de borla pois não tenho dinheiro para estas andanças e se tiver de pagar tenho um método verdadeiramente infalível para escapar. Vou à casa de banho e meto-me na sanita e puxo o autoclismo e só me ponho em pé quando chego à ETAR, este método é particularmente perigoso se não tivermos lavado convenientemente os dentes.


Cheguei ao Club house e reconheci logo a mãe dela, não que tenha um sentido muito apurado para estas coisas, mas já tinha visto fotos.


- Boa Tarde… “mãe”. Trago-lhe aqui umas flores de plástico, pois a sua filha disse-me que a sua mãe tinha falecido há pouco tempo e assim escusa de perder tempo indo ao cemitério tantas vezes.


-…obrigado, és muito gentil. Eles ainda demoram um bocadinho, queres uma entrada de Queijo de Cabra com Courgette, Vinagrete e Tomate… está uma delícia.


- Bom… eu prefiro mesmo azeitonas pretas e pickles mas é só isso que têm … pode ser.


- Já te disseram que tens uns lindos olhos…


- A sério??!


- Nunca te disseram?


- Já, mas nessa altura queriam dinheiro emprestado.


- Agora percebo porque a minha filha namora contigo, és um belo rapaz. Posso apalpar-te os músculos?


- Claro, mas tenho de lhe dizer que consigo apagar uma vela abanando apenas as orelhas.


- Impressionante… tens umas coxas rijas… aposto que fazes exercício.


- Todas as vésperas de Natal corro pelo menos 100 metros.


- Anda mais para ao pé de mim, quero dizer-te um segredo.


- Se calhar é melhor não, não sou muito bom a guardar segredos, a última pessoa que me contou um segredo nesta altura cumpre 16 anos de prisão.


- Pareces tão tenso, anda cá que te dou uma massagem nos ombros para relaxares.


- Não me parece boa ideia, fizeram-me isso uma vez que relaxei tanto que só acordei 3 meses depois perdendo o mundial de patinagem artística… por acaso o seu marido não estará a chegar?


- Não te preocupes com isso, foi jogar golfe, e desde que teve um acidente sentando-se em cima do taco nº3 joga sempre a bola a pontapé.


- Pois… isto aqui é muito bonito, tudo verde, só se ouvem os passarinhos a cantar, é muito agradável.


- Sabes que existem aqui 13 lagos e já nadei nua em todos eles.


 - Deve ter sido um dia extenuante…


- Tens de um dia vir experimentar comigo.


- Diga-me… isto é uma brincadeira e daqui a bocado vão todos aparecer e vamos rir juntos, não é? Porque se assim não for vou chorar.


- Bebe um pouco de vinho, respira fundo e descontrai-te.


- Só se me der à boca… não vê como estou a tremer? Ainda enfio o copo pelo nariz. Não será melhor eu ir procurar a sua filha? Com 18 buracos neste campo se calhar já caiu num e não se consegue levantar…


- Tão querido… posso-te mordiscar as orelhas?


- Credo… está bem, mas só um bocadinho



- Isso é bom.


- E sei fazer muitas outras coisas.


- Sabe fazer um nó de gravata sem revirar os olhos?


- Não, mas sei fazer o Mosteiro dos Jerónimos em barro moldando-o apenas com os pés enquanto como acepipes.


- Pois...

publicado por gifted_children às 02:28
link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De Anónimo a 22 de Setembro de 2004 às 23:37
Sem duvida a melhor história de sedução que eu ja li! Irresistivel :)Xelito
(http://diamarelo.blogs.sapo.pt)
(mailto:alexcotov@iol.pt)


De Anónimo a 24 de Agosto de 2004 às 10:43
Definitivamente, és um génio da escrita sarcástica/ irónica! Já não vinha cá desde Julho, e, embora tenhas escrito poucos episódios, estão fenomenais!!! É só rir :)
Não sei onde vais buscar tanta imaginação...mas onde quer que seja, continua a ir lá mtas vezes ;)carina
</a>
(mailto:carinacastanheira@sapo.pt)


De Anónimo a 21 de Agosto de 2004 às 12:01
Sabes o que é que as mulheres mais velhas sabem fazer melhor que as mais novas? FINGIR!!!phera
(http://phera.blogs.sapo.pt/)
(mailto:m.venan@sapo.pt)


De Anónimo a 21 de Agosto de 2004 às 09:37
Estas mulheres maduras de hoje em dia... Andam umas doidas... Beijinhossefaxavor
(http://tragameossais.blogs.sapo.pt)
(mailto:sefaxavor@sapo.pt)


De Anónimo a 16 de Agosto de 2004 às 18:38
Mae e filha.... o sonho de todo o homem! lolol Diverte-te mas nao te eskeças de nos pôr a par das tuas aventuras! ;o)Bela
</a>
(mailto:truly_mad@msn.com)


De Anónimo a 15 de Agosto de 2004 às 20:32
Que dupla... ao menos a mae tem tempo para ti! Ate parece que tem demais!!! Uma dobradinha de mae e filha seria incrivel! ehehe! Afinal era por uma boa causa!rafapaim
</a>
(mailto:filosofiabarata@sapo.pt)


De Anónimo a 15 de Agosto de 2004 às 17:25
Será k a mae era tao boa como a filha? E k disse o pai?Patricia
(http://ourimage.blogs.sapo.pt)
(mailto:noratlas@hotmail.com)


Comentar post